Pages

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 7 de outubro de 2011


Glossybox - Uma ótima ideia para quem adora novidades de beleza

0
O que é?
Bem... Hoje eu vou postar uma novidade que descobri no blog : “ Two Dots” da Jessy e da Pam. É a Glossybox, uma caixa “cheia de tendências” como a própria empresa costuma dizer. Essa caixinha maravilhosa vem com alguns produtos internacionais ou nacionais e é chamada de Glossybox Premium (internacionais) ou Glossybox Beauty(nacionais), você escolhe qual quer assinar . A caixa vem com algumas amostras ou miniaturas e alguns produtos de tamanho natural. Eu assinei  a glossybox Premium e ela chegou pra mim ontem(06/09/2011). Amei os produtinhos, recebi 2 produtos em tamanho natural e 3 em miniatura.
Glossybox do mês de setembro -Foto: Soraia Alves

1- Creme facial hidratante da Olay(Full Size)
2 - Creme anti-idadade para as mãos Neutrogena(miniatura)
3 - Sabonete Karitê Leite -  L'Occitane (Full size)
4 -  MINESOL OIL control FPS 30 - ROC (miniatura)
5 -  LIPSTICK - Caneta batom da  Eyeko (Full Size)

Confesso que gostaria de ter recebido a caixa do mês passado, por causa do rímel da Loreal e do óleo de argan, mas como só assinei depois, não deu tempo de receber. Quem quiser saber o que veio na caixa passada, a PAM do: Two Dots, postou fotos no blog. http://www.twodots.com.br/glossy-box-a-caixinha-de-beleza-mensal

Como funciona?
Você acessa o site: www.glossybox.com.br , faz um cadastro, escolhe qual assinatura você deseja receber em sua casa e preenche um perfil de beleza, o “BeautyProfile” ,que é como se fosse um teste para eles conhecerem seu tipo de pele, que produtos você compra mais e o que mais te interessa para que possam personalizar a caixa de acordo com o que você mais gosta, dentro é claro, das parcerias que eles possuem.

Quanto custa?
A caixa tem um valor bem acessível, a Premium custa R$39,00 e a Beauty R$ 23,00. Estes preços já incluem o frete. No começo deste mês, eles lançaram também a Glossybox Style R$99,90, onde você pode receber um sapato ou um acessório indicado especialmente pra você.

Crédito: facebook.com/glossybox - 
OPINIÃO
BOM. SE você é como eu que gosta de comprar produtos de beleza, saber das novidades, testar, acredito que compensa assinar tanto a nacional quanto a Premium, pois você experimentará e, se gostar ,está no lucro, pois  alguns produtos vem em tamanho original e muitas vezes, o valor que você ia pagar em um só produto é bem maior do que o preço da caixa.É claro que vai ter algumas miniaturas que você gostaria que viessem em tamanho original e que, talvez alguma coisa não te agrade em determinado mês, é o risco que você corre, pois cada um tem um gosto, etc..E é o risco que você corre comprando algum produto em uma loja também..Gostar ou não. Se você interessou-se pela caixa e quer assinar , logo abaixo tem os links para mais informações. 


sexta-feira, 26 de agosto de 2011


DIFERENTES MANEIRAS DE USAR O LENÇO

0
O inverno já está acabando , mas a mulherada pode e deve usar o lenço nas produções de primavera e verão. Eles combinam com uma roupa básica e incrementam o look dando um colorido a mais.Confira abaixo 25 maneiras de usar o lenço e inspire-se...



   Vídeo retirado do youtube.Publicado por: http://www.youtube.com/user/wendyslookbook

Outra maneira bem interessante de usar o lenço é em penteados. A Érika do blog: Shampoo Shoc:(http://www.shampoochoc.com/) publicou um tutorial muito legal sobre como fazer uma trança usando um lenço.Confira: 







sábado, 13 de agosto de 2011


Tudo o que é bom deixa saudades!...

0
Por Soraia Alves

Sessão Nostalgia

Quando somos criança, logo queremos crescer, nos tornar independentes, ouvimos os adultos dizer que junto com a maior idade, vem as responsabilidades, mas mesmo assim não acreditamos...Achamos que é coisa de adulto, só pra não ficarmos com essa ideia na cabeça.E quando crescemos, por vezes, o que mais queremos é voltar no tempo...
Hoje acordei com saudades... Com saudades dos amigos, das brincadeiras, das tardes sem nada pra fazer e com muito a se fazer como: Jogar conversa fora, falar das paquerinhas, combinar de ir à praça, de assistir filme, de jogar videogame, vôlei na rua da casa da Letícia, de queimada na rua da vô da Elaine...

Quanta saudade desse tempo, do tempo em que a única preocupação que ocupava a cabeça era se aquele menino(diga-se AQUELE menino disputado que todos sabem quem é..rsrs) que você gostava, sentia o mesmo por você... Das coisas tão valorosas, da amizade verdadeira, da inocência, do “curtir a vida realmente” sem se preocupar com mais nada.

Muita saudade mesmo do Alerrander, da Letícia, da Fernandinha,Maria Laura, Ana Paula, do Cleber, do Luís Sérgio, do Lipinho, do Israel, de dançar anos 60, Sandy e Júnior, e me sentir uma celebridade(rsrs).




Saudades da correria que era a “ noite da criança”, de sentir aquele friozinho na barriga quando o pai da Gabi chamava no microfone para o desfile. Saudade até do “camarim” apertado do CCP...



Me lembro também do Alerrander, da Ana Paula nas manhãs do final de semana lá no Gabriel na escola da família. Das noites em que eu ia também pra rua da casa da Ana Paula e ficávamos conversando sobre tudo, sobre tudo mesmo. Muita saudade!

Das brincadeiras e dos teatros que a Maria Laura inventava, do concentrador de cérebros, do teatro de bruxa e de fada, rsrs. Meu Deus, quanta imaginação! Das cartas que escrevíamos uns para os outros...



Muita saudade das tardes de brincadeira na conferência, de jogar futebol , de ver a Letícia em cima da areia ou da pedra imitando a Sakura(rsrs). Lembra Lê? (Desculpa, mas essa eu tive que colocar), da época de coroinha, do curso de coroinhas, da época do Coral. Saudade também de jogar pingue-pongue... Sem falar nas noites e tardes que assistíamos filme na minha casa, na casa da Lê, do Israel ou do Luís Sérgio, da pipoca doce da casa da Letícia. E por falar na pipoca lembrei-me dos bolos para as festas “surpresa” que eu e a Lê fazíamos na casa dela, principalmente um em especial que o Luís Sérgio disse que “Dava pra fazer massa de concreto...”. Pois é... Esse bolo não cresceu, mas nós crescemos e junto com isso, como realmente disse nossos pais, vieram as responsabilidades, cada um foi para um lado, ou para o mesmo lado. Quem imaginaria que dentre esse grupo, Letícia, eu e Fernandinha escolheríamos a mesma profissão pra seguir: Sim, Jornalista! E quem diria mais ainda, que trabalharíamos juntas...Sim, na famosa Rádio Cultura!



 O destino realmente é imprevisível...E eu me arrisco a dizer com toda a certeza que a nossa infância e adolescência foi a melhor que poderíamos ter, pois como diz a famosa frase. “Tudo o que é bom deixa saudade”ou “ dura o tempo bastante para se tornar inesquecível”. Faço minhas as palavras da Letícia no facebook: “ O tempo comprova o quanto vocês são pra sempre!”.




sexta-feira, 12 de agosto de 2011


Risqué lança mais cinco cores para a coleção “Penélope Charmosa”

0
Pensando em atrair cada vez mais o público feminino, a Risqué acaba de lançar mais cinco cores de esmalte para a linha “ Penélope Charmosa”.
A coleção promete fazer a cabeça, ou melhor, as unhas das mulheres na estação das flores e do calor que já está se aproximando. As cores vão desde o tradicional rosa (da primeira coleção) até tons de verde, azul, amarelo e alaranjado. Os novos esmaltes receberam o nome de Armadilha Tropical, Apuros em Miami, Toque de Penélope, Bonequinha Charmosa e Relax da Penélope.

Foto retirada do site: http://www.resuminhobasico.com/
Além de ficar informada sobre as novidades em cores e lançamentos de esmaltes, toda mulher também gosta de estar com as unhas saudáveis não é mesmo? Saiba o que prejudica a saúde das suas unhas e dicas para mantê-las sempre impecáveis sem deixar de abrir mão da beleza na reportagem exibida pelo “Jornal Hoje”.







Empreendedorismo: Abrir um negócio próprio requer planejamento e paciência

0
Não receber ordens, controlar o seu próprio tempo, ganhar mais dinheiro... Quem nunca sonhou com isso? Abrir o próprio negócio faz parte dos sonhos da maioria dos brasileiros. De acordo com dados do SEBRAE, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, 15 % das pessoas que estão entre os 18 e 24 anos querem empreender, número que equivale a 3,82 milhões de jovens .
Estima-se também que o comércio seja a atividade mais escolhida dos empreendedores para se investir e alcançar o sucesso. Preferida também de Sebastião Francisco Oliveira que era supervisor de produção de uma fábrica até decidir montar o seu próprio negócio. Foi o irmão quem o incentivou a abrir uma locadora no Bairro da Cruz,em Lorena, e foi o que ele fez. Tempo depois, em 2003, o comerciante e a mulher Marília Alves Sampaio, motivados pelo sucesso do empreendimento resolveram abrir outra locadora na Vila Geny, onde trabalham até hoje. De acordo com Sebastião Oliveira, como em toda profissão, ter o próprio negócio também tem suas vantagens e desvantagens.
“ O lado de ser proprietário tem algumas vantagens,você pode teoricamente fazer o seu horário , embora fique mais preso do que dentro de uma fábrica onde é funcionário. E, a locadora prende muito em questão de final de semana onde tem mais movimento, e também tem hoje a pirataria. Até três anos atrás a locadora era excelente em termos de negócio. Hoje, caiu mais de 40% a locação de filmes devido a pirataria , mas temos nossos clientes aqui , esse ano faz 8 anos que estamos com a locadora, pois fizemos dos clientes, também nossos amigos”, ressalta.

Marília Sampaio e Sebastião Oliveira donos da locadora
Foto: Soraia Alves
Apesar do sucesso do empreendimento, nem todo mundo consegue abrir uma empresa e se sair bem. Pesquisa realizada pelo SEBRAE, Serviço de Apoio as Micro e Pequenas Empresas demonstraram que quase metade das micro e pequenas empresas fecham as portas antes mesmo de completar dois anos de vida.De acordo com o comerciante Sebastião Oliveira, vários fatores contribuem para o sucesso de um negócio e, o atendimento ao cliente é um deles. “Mais de 50 %da sobrevivência de um negocio é o atendimento ao cliente, conseguimos nosso retorno graças aos clientes que conquistamos. Quem quer montar um negócio tem que saber atender e ter funcionários que saibam atender também”,ressalta.

Já a esposa do comerciante, Marília Sampaio diz que para ter sucesso no empreendimento é preciso ter todos os documentos legalizados. “Para ter um negocio próprio você precisa estar com todos os impostos em dia, não adianta você querer abrir alguma coisa sem a documentação, pois aí você vai complicando a situação, abra de forma correta, legalizada”, aconselha.

Montar um negócio próprio requer ainda paciência e investimento. Segundo Sebastião Oliveira, não adianta o trabalhador largar o emprego, largar tudo e, simplesmente decidir abrir uma empresa ou comércio.

“Você tem que ter uma estrutura, não simplesmente fazer loucura, pesquise bem, não entre em muitas dívidas, tenha capital de giro. Quem quer montar um negócio precisa pesquisar, fazer um curso no SEBRAE sobre empreendedorismo, conversar com alguém que já esteja no ramo para dar algumas dicas. É preciso também um tempo de espera para um retorno, você tem que plantar para colher lá na frente”, recomenda.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011


A dança do ventre como aliada da saúde

0
Que mulher não gostaria de conquistar uma cintura fina e um corpo escultural? A resposta é: Todas! Pois a solução pode estar na dança do ventre. Praticada pelas mulheres desde as antigas civilizações para aumentar a fertilidade, em rituais e solenidades públicas, a dança do ventre foi incorporando ritmos e costumes de outros países até se tornar o que é hoje.
A bailarina e professora de dança do ventre, Maria Clara Evangelista, 22 anos, foi uma das que aderiram a dança como forma de cuidar do corpo e da saúde. “Fui percebendo as mudanças no meu corpo, minha cintura começou a ficar super fina, ganhei mais flexibilidade, antigamente eu era mais tímida, hoje em dia eu não tenho vergonha, a dança dá uma autoconfiança pra gente que é muito grande”, destaca.

A paixão pela dança começou cedo: Aos quatro anos de idade! Maria Clara começou praticando o jazz e, depois aos 12 anos conheceu a dança do ventre por meio da novela: “ O clone”, mas somente aos 16 anos é que a professora começou a freqüentar as aulas.

“Desde criança sempre gostei de dançar. A dança do ventre só com 16 que eu fui fazer, com 12 quis entrar, mas minha mãe não deixou, pois eu era muito jovem e a dança envolve uma certa sensualidade. Com 16,comecei a freqüentar as aulas e me apaixonei”, lembra.

Ritmos contagiantes, roupas coloridas, bordadas e que chamam a atenção, movimentos que parecem difíceis de serem executados.De acordo com a bailarina e professora de dança do ventre, Maria Clara Evangelista, cada movimento da dança tem a sua história.

“A dança também é cultura, são vários tipos de ritmos usando a percussão, pandeiro, tem movimentos de ballet, dança flamenca, tango , de tudo quanto é ritmo,tem a que utiliza outros instrumentos como a espada, o castiçal, as velas, tem a dança dos sete véus e tudo tem um significado, as músicas falam todas de amor,então é toda uma cultura, um estudo , pois a dança do ventre ela foi sendo evadida por outros países,cada país incorporou a sua dança. No fim ,ela ficou um mix”, explica a professora.


Foto: Deborah Dorkas
A professora e bailarina Maria Clara Evangelista

Foto: Arquivo Pessoal
 Além de dar mais flexibilidade, afinar a cintura e modelar o quadril, os movimentos da dança do ventre ajudam a regular os hormônios femininos e regulam o intestino.
“Todos os órgãos femininos são beneficiados, tanto é que ajuda a mulher a se preparar para o parto, pois a dança fortalece a pélvis. A mulher que faz a dança também tem mais facilidade para recuperar o corpo após ter filho, melhora a postura, os braços, o famoso “tchauzinho” não fica mole , então ela tem o benefício distribuído pelo corpo todo”, ressalta.
Maria Clara começou a dar aulas com 19 anos .Hoje, ela tem em média dez alunas e garante que a dança não beneficia somente a parte física, mas também a parte psicológica. “ A dança ensina você a ter esse desprendimento, improvisar, isso a gente usa muito na vida da gente, na verdade a dança tem muitos benefícios psicológicos também, aumenta a autoestima ensina a superação, pois você a cada aula vai se superando. Muita gente às vezes menospreza o talento que tem, principalmente aquelas que não são tão novas, acham que a dança é para as “novinhas” e não é assim, eu já vi mulheres mais velhas dançando, bonitas , você não deixa de ser mulher depois de uma certa idade, você tem que acreditar em você , senão não irá conseguir nada, as coisas mais difíceis da vida são as melhores”, aconselha a professora que dá aulas de segunda à sábado em sua casa. Para aquelas que ficaram interessadas, o telefone é o (12) 8201-8880.

segunda-feira, 16 de maio de 2011


Inimigas do meio ambiente: Sacolas plásticas estão com os dias contados

0
Elas estão por toda a parte, nos supermercados, nas padarias, debaixo das pias das donas de casa e pelas ruas da cidade. Não há quem não ache a sacola plástica um meio mais fácil para transportar alimentos ou outros objetos. Embora a maioria dos brasileiros esteja acostumada a pedir as sacolas plásticas nos estabelecimentos, o que pouca gente ainda sabe, apesar das campanhas que tem sido feitas é que uma sacola plástica leva de 100 a 400 anos para se decompor.


Foto: Soraia Alves

Preocupados com esse cenário, o governo do Estado de São Paulo e a APAS, Associação Paulista de Supermercados, assinaram um acordo nesta semana para acabar com o uso das sacolas nos supermercados paulistas. Até o final do ano, o setor supermercadista deve dar opções aos consumidores para que estes deixem de usar as sacolas plásticas.

A proprietária da padaria e confeitaria Lorenense, Neide dos Santos, é a favor da proibição. “Eu acho excelente, temos que colaborar com o meio- ambiente porque tudo influi, hoje estamos sofrendo com o clima, com as doenças. O plástico acaba com a natureza e outras coisas também , mas acho que o plástico é o pior. Temos que colaborar pra ter mais saúde e mais vida, até as crianças hoje sofrem com problemas de respiração, antes o pessoal antigo não tinha tanta doença igual temos agora, então temos que fazer essa boa ação”, ressalta.

Apesar da lei ainda não ser realidade em Lorena, alguns supermercados da cidade já adotam medidas de conscientização e alternativas para os consumidores deixarem de usar as sacolinhas.

De acordo com o gerente de Lojas do Supermercado Vilela, Nelson Cardoso de Paula, essa conscientização é importante para evitar a poluição e a degradação do meio-ambiente.“Acho que o incentivo veio na hora certa e a população precisa se conscientizar e contribuir com a natureza. O Vilela já está alertando os consumidores com alguns avisos que estão sendo colocados em um caixa sim, outro não, pra reduzir o consumo de sacolas.Oferecemos também caixas de papelão para o consumidor levar seus produtos e já irem se acostumando até que a nova lei seja aplicada aqui em Lorena”, explica.

Já no supermercado Pão de Açúcar, o consumidor pode encontrar sacolas retornáveis como alternativa as sacolas plásticas.


Supermercado Vilela também conscientiza consumidores


Sacolas retornáveis disponibilizadas no Pão de Açúcar
 A dona de casa, Fátima Aparecida de Oliveira, concorda com o uso de outros materiais recicláveis. “Acho que a proibição é muito importante, pois a sacola faz muito mal pro meio- ambiente, se tivesse um outro material reciclável faria menos mal pra nós, nossos filhos e netos.

O “tomador de conta” , Laércio de Souza, também acha certo que a sacola plástica não seja mais utilizada. “O plástico demora pra acabar e o papel é mais rápido”, diz.

A sacola de feira ou de pano também pode ser uma boa aliada na hora de fazer as compras, como lembra o aposentado Pedro Barbosa. “No tempo do meu pai era saco de algodão, comprido, cada quilo era um saquinho pequenininho que era de algodão ,de pano, depois que foi mudando e o povo foi começando a usar a sacola”.

Informações publicadas no Diário Oficial do Estado de São Paulo, apontam que no Brasil são produzidas 210 mil toneladas por ano de plástico filme( matéria-prima da sacola), o que contabiliza 18 bilhões de sacolinhas plásticas circulando no país.

De acordo com dados do Ministério do Meio Ambiente,os brasileiros consomem 1,5 milhões( um milhão e meio) de sacolas plásticas por hora, 33 milhões de sacolas por dia e 12 bilhões por ano.

Os números impressionam , mas engana-se quem pensa que a sacola plástica somente tem como prejuízo o lento processo de decomposição na natureza. Estimativas do Ministério do Meio Ambiente apontam que o uso inadequado das sacolas plásticas contaminam os rios, entopem bueiros, causam enchentes e matam um milhão de animais marinhos por ano.

FAÇA SUA PARTE

Quando for ao mercado de carro, prefira levar as caixas de papelão disponibilizadas no supermercado ao invés das sacolas plásticas, assim você evitará um consumo desnecessário e contribuirá com o meio ambiente.
Já para quem vai às compras a pé ou de ônibus, especialistas recomendam levar (dependendo da quantidade da compra) a tradicional sacola de feira, ecobags ou sacolas retornáveis. Para as donas de casa, o mais correto é colocar o lixo em sacos de lixo preto que geralmente podem ser reciclados. Na hora de comprá-los, verifique na embalagem se o material é reciclável.

Quer fazer sua parte? Recuse sacolas plásticas. No canto direito do blog, há um contador. Cada vez que você recusar uma sacola descartável clique no ícone. A campanha e a iniciativa são do site: http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/atitude/sacolas-descartaveis-plasticas-contador-490006.shtml. Se cada um fizer o seu papel, poderemos contribuir e, muito, com a natureza.

domingo, 8 de maio de 2011


Cerâmica de Cunha: Um misto de beleza e arte

0
A Estância Climática de Cunha é simplesmente cativante, bem como o povo que lá vive. Quem tem a oportunidade de visitar a cidade, se encanta com aquele ar de interior, com as belas montanhas e cachoeiras, e com sua gente simpática e hospitaleira.
A cidade ainda reserva reflexões e surpresas cabíveis de serem aqui expressas. A simplicidade, o contraste e as tradições juntam-se formando um intenso mergulho ao passado.
O rico artesanato e a cerâmica são outros atrativos da cidade. Tigelas, potes, esculturas e vasos. De peças utilitárias a itens para decoração. Não há quem não se encante com a beleza e a magia desses objetos, feitos pela mão do homem e pela sabedoria da natureza que imprime nas peças o seu toque final. Assim é a cerâmica, previsível e imprevisível por vezes. A Estância Climática de Cunha tornou-se um dos mais importantes centros de cerâmica artística de alta temperatura do país e é reconhecida internacionalmente.
Vários ceramistas que estão hoje em Cunha vieram de outros países. O primeiro grupo que chegou a Cunha no ano de 1975 montou o primeiro forno noborigama na cidade. Entre eles, está Alberto Cidraes, nascido em Portugal, conheceu a cerâmica em 1970 quando estava fazendo curso de pós-graduação em arquitetura, no Japão.
“Comecei a ver alguns ceramistas, frequentar alguns ateliês de cerâmica, e comecei a expor no Japão, depois eu combinei com dois amigos ceramistas de montarmos um ateliê no Brasil, foi aí que Cunha surgiu, pois estávamos procurando um lugar na região e a Prefeitura da cidade acabou oferecendo um matadouro desativado para montarmos o ateliê.”conta.
No ateliê de Alberto Cidraes, o visitante pode conferir de esculturas a peças de decoração cheias de estilo e personalidade. De acordo com ele, a técnica que vem sendo utilizada é cada vez mais simples.
“Eu uso um barro de Cunha e também um barro branco, e depois eu desenho retirando o barro branco, fazendo aparecer no desenho o barro mais escuro. Eu faço uma coisa que se chama monoqueima no forno noborigama que é uma queima só, geralmente neste tipo de cerâmica existem duas queimas que é a do biscoito e a queima do esmalte, como eu não uso esmalte, eu faço uma queima só, a 1.300ºC.” explica.



Várias técnicas e opções para os turistas

Na cidade, há opções para todos os gostos e bolsos. Isso porque só em Cunha há cerca de 30 ateliês que normalmente são formados por casais, mas a diversidade das peças fica por conta da criatividade de cada ceramista, pois cada um utiliza uma técnica diferente.
No ateliê de Kimiko Suenaga e Gilberto Jardineiro, por exemplo, as peças são queimadas em forno noborigama, técnica milenar chinesa que foi incorporada e aperfeiçoada pelos japoneses. O forno é feito em degraus e pode atingir 1.400ºC (graus Celsius).
Kimiko nasceu em Tóquio, no Japão, e veio para Cunha em 1984. Há 26 anos trabalhando com a cerâmica, ela usa vários tipos de técnica e materiais. Em seu ateliê, há diversos tipos de peças como: luminárias, bichinhos, tijolos de cerâmica, vasos, xícaras, canecas, esculturas, entre outros.
De dois em dois meses, no ateliê Suenaga e Jardineiro, o visitante também tem a oportunidade de conferir a “Abertura de Fornada”, onde se pode presenciar a retirada das cerâmicas do Forno Noborigama. Os visitantes ainda podem fazer perguntas sobre o processo de queima e outros assuntos relacionados à esmaltação da peça ou conferir por meio de uma palestra da família a história da cerâmica. De acordo com Kimiko, foi em 1988, que aconteceu a primeira abertura de fornada no ateliê, porém naquela época a infraestrutura da cidade com relação à hospedagem e restaurantes era fraca.
“Desde 88, primeira vez que fizemos abertura de fornada, começamos convidar pessoas para visitar, primeiro eram amigos né e cada vez foi aumentando o convite. Na época, não tinha hotel comercial, o que tinha no tempo era hotel fazenda que tinha um só, até falávamos pras pessoas que tinham sitio, arrumar um quarto para hospedar, depois foi crescendo também, transformando para receber mais visitas e o pessoal foi gostando da tranqüilidade de Cunha, bastante natureza, lugar de visitar, cachoeira, essas coisas, o pessoal foi gostando, aí mais ceramistas também vieram pra cá...”lembra .


Outro casal que possui ateliê em Cunha é Sandra Quirino e Cristiano Quirino. Ela é Presidente da Associação de Ceramistas em Cunha e ceramista. Ele, artista plástico e ceramista. Há oito anos com o ateliê, os dois resolveram mudar para Cunha e moram com a família na cidade.
De acordo com Cristiano, Cunha os atraiu pela cerâmica, mas também pelo clima excelente da cidade.“Cunha é uma cidade pacata, uma cidade muito grande, é o maior município em território do estado de São Paulo, então tem muita vida rural e essa proximidade com Paraty é interessante, e então o que a gente precisa é mais comunicação e infraestrutura para que essa região seja desenvolvida para atrair mais turistas, pois a cidade também tem muitos atrativos naturais”, ressalta.
No ateliê, o casal muito simpático gosta de mostrar aos turistas os materiais que eles utilizam e como é feito o processo de preparação da argila. O tipo de forno que eles utilizam é a gás, mas em alta temperatura.
De acordo com a Presidente da Associação de Ceramistas, Sandra Quirino, a diversidade de cada ceramista também é uma marca da cerâmica de Cunha e o que faz com que os turistas visitem vários ateliês.
“Cada ceramista tem estilo próprio, apesar de trabalhar com a mesma matéria prima, cada um trabalha diversificando, criando seu estilo, por isso, o visitante que vem, pode visitar todos os ateliês, pois ele não vai encontrar nada igual ao outro, e isso é muito animador.”



Quer conhecer um pouco mais dos ceramistas e dessa arte? Assista a reportagem exibida pelo Jornal da Globo sobre o assunto.

                                                   Reportagem sobre a Cerâmica de Cunha
  
Agora que você conhece um pouco mais sobre a cultura e as belezas de Cunha que tal agendar uma visitinha? Confira abaixo um guia que vai te auxiliar nesse passeio. Boa Viagem!

GUIA


>>> COMO CHEGAR

Quem vem de Lorena e região pode pegar a Via Dutra e depois já em Guaratinguetá basta seguir pela Rodovia Paulo Virgílio, a SP-171, até Cunha.

>>> O QUE FAZER LÁ?

Ateliê Suenaga e Jardineiro

Rua Dr. Paulo Jarbas da Silva,150, Cunha. Tel.(12) 3111-1530

Ateliê Alberto Cidraes

Rua Manoel Prudente de Toledo,461, Cajuru. Tel. (12) 3111-1628

Ateliê Sandra e Cristiano Quirino

Rua Manoel Prudente de Toledo,448 , Cajuru. Tel. (12) 3111-2456

>>> ONDE FICAR

Pousada Vila Rica: (12) 3111-2612

Pousada Barra do Bié: (12) 3111-1477

Pousada Candeias: (12) 3111-2775

>>> ONDE COMER

Restaurante Quebra Cangalha

Cozinha com pratos típicos mineiros e de Cunha; Rua Manoel Prudente de Toledo, 540, Cajuru. Tel. (12) 3111-2391

sábado, 30 de abril de 2011


Como usar o cartão de crédito corretamente

0
Qual vai ser a forma de pagamento?

- Cartão de crédito - o cliente responde




Quantas vezes já não nos pegamos dizendo essa frase. E que atire a primeira pedra quem já não se sentiu “ a salvo” com o cartão de crédito, seja para comprar um presente de última hora, imprevisto,emergência, ou só para gastar mesmo. A verdade é que essa forma de pagamento ajuda e muito a vida de muitos brasileiros que não tem o dinheiro para pagar à vista. Por outro lado, o famoso “pagamento mínimo” que muitas empresas e bancos oferecem aos clientes e a sensação de que o cartão “é para pagar só o mês que vem”, dentre outros fatores,tem feito com que muitos também se endividem. Recebem a fatura, pagam o mínimo, e assim um mês após o outro, o que gera juros incalculáveis e, que depois se tornam um pesadelo. Pra você que já passou por isso ou que ainda não passou, mas quer aprender a usar o cartão de crédito da melhor forma, sem que isso prejudique seu orçamento, o “ Pauta Variada” entrevistou por e-mail o consultor e Terapeuta Financeiro, Reinaldo Domingos, autor também de dois livros: “ Terapia Financeira” e o “Menino do Dinheiro” Confira abaixo as dicas:

 Pauta Variada- Qual o maior erro que as pessoas cometem ao comprar com o cartão de crédito?
Reinaldo Domingos - Primeiro é importante registrar que o cartão de crédito é um meio de compra e se utilizado corretamente traz muitos benefícios como: premiações, milhagens etc. Mas devido a ausência de educação financeira em nosso país, temos milhões de pessoas que se endividam por não saber utilizá-lo corretamente.

Para uma utilização adequada é importante saber que para pessoas que recebem mensalmente sua remuneração (salário) esta deverá ter apenas um cartão de crédito e para pessoas que recebem mais de 2 remunerações no mês em datas diferentes aconselho a ter no máximo 3 cartões com vencimentos nos dias 10, 20 e 30 do mês. Também o limite do cartão de crédito não deverá ultrapassar 30% do valor total do ganho mensal exemplo: para um ganho de mil reais o limite do cartão deverá ser de trezentos reais.

Não podemos remar contra a maré, portanto utilizar o cartão de crédito deverá ser algo plenamente aceito por todos, mas sempre com muita disciplina. Registro como principal erro a falta de educação financeira por parte de nossa população brasileira.

Pauta Variada - Por qual motivo o cartão de crédito é o principal vilão e um dos responsáveis pelo endividamento dos brasileiros?

Reinaldo Domingos - A falta de educação financeira e de respeito ao dinheiro tem sido o grande vilão desta historia. Nós do Instituto DSOP de Educação Financeira www.dsop.com.br estamos combatendo a causa deste problema, levando para as salas de aulas do ensino básico (infantil, fundamental e médio) a disciplina educação financeira e principalmente capacitando os maiores protagonistas que são os nossos professores, certamente por meio deles e das escolas é que estaremos combatendo a causa e não mais o efeito do endividamento não consciente.

Pauta Variada - Qual a dica que você dá para quem usa os cartões de crédito como forma de pagamento ?

Reinaldo Domingos - Respeite seus limites, saiba que esta ferramenta é uma forma de pagamento, mas o dinheiro é que paga realmente a conta das compras feitas pelo mesmo.

Tenha sempre limites que possam ser honrados mensalmente. O cartão de crédito é uma realidade mundial e não dá para fugir desta ferramenta de meio de compras e sim utilizar o que ele tem de melhor, segurança, premiações, milhagens entre outros.



Pra você que quer saber mais sobre o DSOP e sobre educação financeira. Acesse: http://www.dsop.com.br/




quinta-feira, 28 de abril de 2011


DICAS DE BLOGS LEGAIS

0

Quando o assunto é blog, há na internet uma infinidade de opções desde os denominados de " Diário Pessoal" até aqueles com assuntos sobre moda, variedades, notícias, entre outros. Para quem gosta de acessá-los para ficar antenado sobre o que acontece na sua cidade, para saber sobre o mundo da moda, dicas de beleza, notícias e até mesmo aprender algo por meio da blogosfera, o " Pauta Variada" selecionou alguns blogs legais pra você acessar.


Blogs de moda e beleza

O blog: " Two dots"
é escrito por duas irmãs.Com dicas de beleza, moda, produtos,novidades e tendências, as irmãs, Jessy e Pam escrevem de uma forma descontraída e gostosa de ler, postam os looks que usam, falam sobre o mundo das celebridades, além de tutoriais de penteados e maquiagem. O espaço perfeito para a mulher que gosta de estar antenada e se sentir cada vez mais bonita.

Acesse o blog: " TWO DOTS" clicando aqui
 
O blog: " Just Lia" é escrito por Lia Camargo. O blog possui assuntos variados indo de como usar uma tendência até posts sobre o que os homens pensam de determinadas peças de roupas que as mulheres usam. Dicas de cuidados com a pele, maquiagem e estilo das famosas. Vale a pena a visita!
Acesse o blog: " JUST LIA" clicando aqui
MAQUIAGEM

O blog: “ Passando Blush” é escrito pela publicitária e maquiadora,Priscila Paes.Para aquelas mulheres que adoram maquiagem e querem aprender um pouco mais sobre como ficarem mais bonita, lá elas vão encontrar dicas de produtos, tutoriais com texto, imagem e até vídeo.
Acesse o blog: "PASSANDO BLUSH" clicando aqui
O blog da “ Claudinha Stoco” traz dicas de maquiagem, que make usar com determinado tipo de roupa, posts sobre fofocas, tendências, moda, cabelo, lançamentos de produtos, etc. Tudo o que uma mulher adora.

Acesse o blog: " CLAUDINHA STOCO" clicando aqui

 BLOG SOBRE  A CIDADE DE LORENA

Para quem quer estar por dentro do que acontece em Lorena-SP, o blog: “Lorena em foco” é uma ótima opção. Escrito pelo jornalista Hugo Barbeta, o blog é atualizado diariamente e traz informações sobre os problemas da cidade, o que está acontecendo na política, eventos que vão ser realizados em Lorena, polícia, entre outros. O “ Pauta Variada” recomenda a visita.

Acesse o blog: " LORENA EM FOCO" clicando aqui


JORNALISMO

O blog: “ Diário de um repórter” é escrito pela jornalista Ariane Fonseca, com várias informações sobre o mundo jornalístico, a autora opina sobre televisão, redes sociais, mídia, entre outros assuntos. Espaço interessante para aqueles que gostam de ter um olhar aprofundado sobre o jornalismo.

Acesse o blog: " DIÁRIO DE UM REPÓRTER" clicando aqui

MERCADO DE TRABALHO
O blog:  “ Direito dos Jornalistas”, como o próprio título já diz  fala sobre os direitos dos jornalistas.Escrito pelo  advogado e jornalista, André Kiyomori, o blog é uma excelente fonte para os jornalistas que querem estar por dentro dos seus direitos.
O blog: “ Mais Estudo” é escrito pela empresa Mais Estudo. O blog fala sobre mercado de trabalho, atualidades, tecnologia, dicas de estudo, carreira, fala também sobre vagas de estágio e trainee. Além disso traz também aos leitores curiosidades e tecnologia.
O blog : “Willian Jordão” fala sobre o Mundo Corporativo. Escrito pelo publicitário Willian Jordão, o blog dá dicas de como montar um currículo, de como as redes sociais podem beneficiar a sua imagem, entre outros posts sobre mercado de trabalho.

E você? Costuma acessar algum blog?Comente e deixe suas sugestões também!

segunda-feira, 25 de abril de 2011


Festa do Pinhão promete atrair 20 mil visitantes para Cunha

0
Quem já não ouviu falar da Estância Climática de Cunha? Conhecida como a terra do artesanato, cidade dos fuscas, das festas religiosas como a do Divino, por exemplo, Cunha iniciou no último dia 15 a décima primeira edição da festa do Pinhão.
A Festa foi criada em 2001 com o objetivo de fomentar o turismo na cidade. Em 2002, criou-se também paralelamente à festa, o Festival gastronômico do Pinhão, onde os restaurantes e pousadas ficam encarregados de criar pratos à base da semente.
Este ano, toda a estrutura da festa como barracas de alimentação e palco migrou para o Parque Lava-Pés. Nos anos anteriores, a festa era realizada na Praça Principal. De acordo com o diretor de Turismo e Cultura da cidade, Otávio Calckman, a mudança de local se deve ao fato de que a data da festa coincidiu com a semana santa. “A Praça já não está mais comportando o número de visitantes nessa época , então temos que pensar na segurança, no conforto das pessoas que vão nos prestigiar. Outro fator que contribuiu muito foi a área para estacionamento . Hoje, o entorno do centro, da praça, é muito limitado , ainda mais com os fechamentos de rua por causa de procissão, isso acaba virando um transtorno para o visitante que muitas vezes não conhece Cunha e acaba ficando um pouco perdido”, ressalta.
Ainda de acordo com Calckman, a cidade espera receber 20 mil visitantes para a festa.Quem for até lá, poderá comer bolo de pinhão, bombom de pinhão, e outras iguarias feitas com a semente da araucária que são o destaque da festa que vai até o dia 08 de maio. No “Rancho do Pinhão”, o turista poderá também se deliciar com a canjiquinha, prato tradicional da cidade, que é preparada no fogão à lenha.
Nas barracas de artesanato, panos de prato, lembrancinhas de Cunha e outros itens também são vendidos aos turistas que querem levar para casa algo da cidade.

Novo espaço da festa - Parque Lava-pés
Palco Principal

Rancho do Pinhão onde se servem pratos típicos de Cunha e são realizados alguns shows

A programação


Para os que gostam de boa música, a cidade preparou um repertório variado.“Nós temos toda sexta, sábado e domingo uma programação noturna com show principal . Durante o dia, também temos apresentação de congada, grupo de catira, tem desde música country , jazz, até MPB, a programação está bem variada e atingindo todos os gostos”, conta o diretor de turismo.
De acordo com Éber Santos, auxiliar administrativo da Cunhatur, Associação de empresários que fomenta o turismo em Cunha, a festa é organizada pela Prefeitura da cidade por meio da coordenadoria de turismo e cultura e em parceria com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Para a elaboração do festival gastronômico, a Associação faz o contato com os restaurantes e depois faz um livreto com as receitas que cada estabelecimento vai servir durante a festa.
A Festa do Pinhão agrega também valores culturais, várias exposições e lançamentos de livros poderão ser conferidos.
O casal Silas Leite e Nadir Espíndola, que participam todos os anos da festa,gostam da programação e recomendam a visita.“ O novo espaço está maravilhoso, a gente vem todo ano para a festa, toda festa sempre foi boa, gostamos do que eles fazem aqui, dos shows, do movimento, das barracas e de tudo que eles apresentam sobre cultura, está tudo de bom,recomendo bastante ”.


Casal prestigiando a festa
A colheita do Pinhão
Quando chega o mês de abril, é hora da colheita do pinhão.
Em Cunha, várias Associações de Bairro fazem a coleta da semente, principalmente a Associação do Bairro Paraibuna, zona rural da cidade, onde há maior concentração de bosques de araucárias. Alguns homens escalam a imensa árvore formada também por longos galhos e, com um facão retiram as pinhas. Quando descem, colocam-nas em um carrinho de mão. O transporte das pinhas é feito por um burrico que carrega dois cestos, um de cada lado. Enquanto isso, as mulheres das associações vão debulhando as pinhas para a retirada do pinhão. Todo esse procedimento da colheita do Pinhão pode ser acompanhado por turistas durante o período que ocorre a festa no sítio da Associação do Bairro Paraibuna que fica na Rodovia Cunha - Paraty. Siga até o Km 56, 5. De lá até o sítio, são 7 km de estrada de terra.



Araucária - Foto: Soraia Alves

Culinária
Durante o período que ocorre a festa, pratos com a semente da Araucária podem ser degustados nos restaurantes e pousadas que estão participando do Festival Gastronômico do Pinhão, mas a iguaria não é atração somente nos meses de abril e maio. Em toda época do ano, é possível experimentar pratos diferenciados que levam a semente. Isso porque alguns donos de restaurantes congelam o pinhão para ele durar mais. O cozinheiro e proprietário de uma pousada e restaurante da cidade, Edyr Barreto, é um deles.

“Aqui a região é bem forte no pinhão, tem bastante araucária. O nosso pinhão é dado como um dos melhores no Brasil. A produção daqui é de qualidade, no tamanho, na beleza e no sabor também. O pessoal que vem pra cá, sem dúvida nenhuma quer saber da culinária com pinhão. E tem um processo aqui para guardar o pinhão que você tira o ar dele para ter um período longo, ou pode ser em natura mesmo, você congela e depois cozinha, perde um pouco mais do sabor, mas é pouca coisa”, explica.

Mas você sabe o valor nutritivo do pinhão? Vale ressaltar que o pinhão de acordo com informações disponibilizadas pela Cunhatur, é uma importante fonte de energia, cálcio e fosfato. Uma araucária demora 15 anos para produzir o pinhão e por ano produzem em média 80 pinhas por ano, o que dá cerca de 90 pinhões por pinha e sete mil pinhões por árvore.

A cidade de Cunha é uma das maiores produtoras da semente do Estado de São Paulo, colhendo cerca de 800 a 1.000 toneladas por ano. Vale lembrar que a festa vai até o dia 08 de maio e acontece na Praça do Parque Lava-Pés. A programação completa pode ser conferida no site: http://www.cunha.sp.gov.br/.


Festa do Pinhão-Cunha - Foto: Soraia Alves

sexta-feira, 22 de abril de 2011


Confira o que será tendência nesse outono/inverno

0
A estação mais elegante do ano chegou e junto com ela a preocupação em adaptar o guarda-roupa. Já que é hora de investir em peças de inverno, nada melhor do que gastar com consciência.E quando o assunto é moda, há aquelas que gostam e há também as que não gostam. Gostos à parte, toda mulher gosta de estar e se sentir bem, mesmo aquelas que acham a moda uma “futilidade”. Mas que mulher não gosta de comprar?Já que o assunto é outono/inverno, para aproveitar melhor a estação e saber o que combina com o seu gosto e, principalmente com o seu bolso, o “Pauta Variada” entrevistou a estilista e blogueira  Jessy do blog “ Two dots” que irá dar dicas do que será tendência nas próximas estações. Não deixe de conferir!

 
Nome: Jéssica
Profissão: Estilista e blogueira
Moro em: Los Angeles



Jessy - arquivo pessoal
 Quais as peças que estarão em alta neste outono/inverno?Peças em tom Camelo, maxi skirts e também saias de comprimento médio,color block, e calças mais soltinhas ou boca-de-sino.



Tendência - outono/inverno/2011 (look criado no site BYMK - Soraia Alves)
Quando chega o outono/inverno muitas mulheres querem renovar as peças do guarda-roupa para estar em dia com as tendências. Mas há também aquelas que gostam de aproveitar as peças que já tem. Em que peças clássicas investir, ou seja, aquelas que nunca saem de moda?
Jaquetas de couro, casacos de lã mais ajustados e com comprimento médio,calças jeans e de lã com um bom caimento, camisas mais finas, echarpes,botas de montaria, peças com padronagem xadrez, meia-calça.Todas elas estarão presentes em todo inverno.




Blusas-chave(look criado no BYMK -Soraia Alves)



Bota, calças jeans..(look criado no BYMK-Soraia Alves)

Com relação aos sapatos. O que mais veremos neste outono/inverno?
Muita bota com plataforma e sapatos bem coloridos.

E você?No outono/inverno,quais peças não podem faltar no seu guarda-roupa?
Adoro o inverno, e nunca dispenso meia-calça, leggings (para usar com botas), blusas quentinhas, um bom cachecol, e jaquetas que vão com tudo...


sábado, 9 de abril de 2011


DESTINO: Cachoeira do Pimenta - Cunha-SP

0
No post de hoje você vai conhecer um pouco sobre Cunha, mais precisamente sobre um dos destinos mais visitados pelos turistas:  A Cachoeira do Pimenta.

Sobre Cunha:



Igreja Matriz - Foto: Soraia Alves

A Estância Climática de Cunha fica no interior de São Paulo e  limita-se com Guaratinguetá, Lorena, Silveiras, Ubatuba, São Luiz do Paraitinga, Lagoinha e Paraty-RJ. Mais do que as coordenadas geográficas é preciso dizer que Cunha é simplesmente cativante, bem como o povo que lá vive. Quem tem a oportunidade de visitar a cidade, se encanta com aquele ar de interior, com as belas montanhas e cachoeiras, e com sua gente simpática e hospitaleira.

O rico artesanato, as festas, as construções, as humildes residências contrastando-se com as belas pousadas, cidade dos fuscas, dos morros (que só de olhar já fazem você perder o fôlego), das estradinhas de terra, dos senhores de chapéu andando pela cidade ou sentados no banco da praça, são um convite à tranqüilidade e um resumo do que você pode desfrutar no município.

Cachoeira do Pimenta:
Dez quilômetros do centro de Cunha. Esta é a distância percorrida pelo turista para se chegar a um dos destinos mais belos da Estância Climática de Cunha: a Cachoeira do Pimenta. Pela estrada de terra do monjolo que leva a cascata, árvores de todos os tipos, pontes de madeira, fazendas, araucárias e muita poeira fazem parte do cenário.

Antes de chegar a Cachoeira, o visitante tem uma visão de encher os olhos. Lá está ela: exuberante e formada por três quedas d’água. Não há quem resista e não pare para contemplar a imponência das cascatas. Turistas com suas máquinas fotográficas saem de seus carros e registram a cena encantadora.

Vista da Cachoeira - Foto: Soraia Alves


Logo depois, descem por uma trilha parecida com uma escada de onde é possível apreciar o percurso das águas. É preciso, porém tomar cuidado na descida, principalmente quem não tem experiência! Isso porque são irregulares, o que facilita qualquer tombo ou tropeção.

Ao completar a última descida, há toda uma infraestrutura para os turistas com banheiros e lanchonete, mas somente aos finais de semana e feriados. Há também um poço para banho, várias pedras onde o visitante pode deitar e relaxar escutando o barulho das águas.

Na lanchonete, que fica sob um deck de madeira é possível sentar nos banquinhos de troncos de árvore e apreciar as corredeiras ou sentar para comer pratos típicos de Cunha, como a truta à milanesa.

Na cachoeira do Pimenta funcionava uma antiga hidrelétrica, onde o turista pode conferir um pequeno museu com a história da usina por meio de painéis explicativos sobre a energia elétrica da cidade.

 Foto: Soraia Alves

Turistas apreciando a Cachoeira - Foto: Soraia Alves


As águas da Cachoeira além de abastecerem antigamente a cidade, hoje servem de descanso e lazer para diversas pessoas. Por ser muito gelada, até nos dias de muito calor, somente os mais corajosos arriscam entrar de corpo inteiro. É comum ver turistas molhando apenas os pés, adultos sentados ou fazendo um churrasco com a família, crianças brincando nas águas rasas e grupo de amigos escutando músicas e tomando cerveja, tudo isso, acompanhados de uma paisagem exuberante e intacta, na qual o contato com a natureza é, sem dúvida, a melhor diversão.

Quer saber mais sobre Cunha? Não deixe de conferir a reportagem abaixo exibida no “ Bom Dia São Paulo” , da TV Globo.

Roteiros de São Paulo :: Cunha